Programas de empreendedorismo são aplicados em escolas de Fabriciano e Timóteo

Segundo a Conab, a estimativa é colher 245,8 milhões de toneladas de grãos na safra 2019/2020
Brasil deverá ter produção recorde de grãos na safra 2019/2020
As provas de atletismo são realizadas na pista Juvenil dos Santos, da AER Usipa
Xadrez e Atletismo movimentam a semana na Olicei

Programas de empreendedorismo são aplicados em escolas de Fabriciano e Timóteo

O Innovation Camp reuniu 100 alunos das escolas de Timóteo para uma experiência intensa

O Innovation Camp reuniu 100 alunos das escolas de Timóteo para uma experiência intensa

A Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement/MG, em parceria  com a Prefeitura Municipal de Coronel Fabriciano e Superintendência Regional de Ensino realizaram nesta semana a aplicação dos programas de empreendedorismo, “Conectado com o Amanhã” e o “Innovation Camp”.

Mais de 450 alunos, de 10 escolas públicas, participaram das iniciativas que tiveram como objetivo gerar oportunidade à jovens estudantes do Ensino Médio e Fundamental de ingressarem no mercado de trabalho mais qualificados e/ou  dispostos a abrir seu próprio negócio.

 

Conectado com o Amanhã

A iniciativa inédita na cidade, preparou 18 profissionais da educação de Coronel Fabriciano com metodologias e práticas de ensino dos programas da Junior Achievement, onde os mesmos atuaram em sala de aula, desenvolvendo atividades que despertaram o espírito empreendedor nos alunos.

O programa Conectado com o Amanhã possibilitou aos alunos um momento de reflexão sobre seu futuro, oferecendo perspectivas de carreiras e informações sobre quais são as competências comportamentais desejadas no mercado de trabalho. Entre os objetivos da iniciativa estiveram: apresentar o mercado de trabalho, desenvolver o conceito de empregabilidade, apresentar a relação entre educação e a oportunidade de conseguir um emprego, dentre outros.

“O papel dos professores em sala de aula é estimular o empreendedorismo, gerando uma troca de experiências. Durante a aplicação do programa, foram desenvolvidas diversas atividades, dentre elas, um mapeamento de realizações para os próximos vinte anos. Essa tarefa, por exemplo, levou os alunos a pensarem em todos os âmbitos da vida, não só no profissional”, conta a analista de projetos da Junior Achievement/MG, Bruna Dolabella.

Desenvolvido pela primeira vez nas escolas de Coronel Fabriciano, o programa teve a duração de um turno escolar, e foi aplicado nos dias 9 e 10/10 para os alunos do 8º e 9º ano da rede municipal.

“O tema empreendedorismo faz parte do currículo da BNCC como um dos temas transversais, ao mesmo tempo, nós estamos trabalhando esse mesmo assunto no Plano de Desenvolvimento Econômico Local – PDEL. Por meio dessas ações, traçamos metas para a economia de Fabriciano até 2030, e a educação faz parte desse processo, pela quantidade de alunos envolvidos e seus familiares. Ao mesmo tempo, ao trabalharmos a cultura empreendedora, damos para os nossos alunos melhor perspectiva de vida”, pontua o Secretário de Governança Educacional, Carlos Alberto Serra Negra.

De acordo com o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino, o programa estimula discussões e questionamentos em torno do que significa negócio, trabalho e empreendedorismo. “É desafiador estimular o espírito empreendedor nos jovens, e foi pensando nisso que traçamos parcerias que valorizam a cultura empreendedora desde a adolescência. Nosso foco é tornar as atividades atraentes para que os alunos vivenciem novas experiências e tenham conhecimento que eles podem construir um futuro com novas possibilidades”, finaliza.

 

Innovation Camp

Realizado na terça-feira (8/10), no Grêmio Recreativo da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo, o Innovation Camp reuniu 100 alunos das escolas de Timóteo para uma experiência intensa. Em um dia, os estudantes precisaram encontrar soluções em grupo para problemas propostos pelos analistas da JAMG.

O objetivo foi que os educandos desenvolvessem soluções inovadoras para desafios no mundo dos negócios com o tema Empreendedorismo, Inovação e Negócios. Durante o processo, os alunos contaram com a ajuda de mentores e voluntários que auxiliaram na busca de soluções dos problemas.

Voluntária pela primeira vez no programa, a empresária Genilda Vasconcelos destacou a troca de saberes entre os colaboradores e alunos. “São iniciativas como essa que fazem toda diferença do futuro desses adolescentes. Pra mim foi um dia de muita troca de conhecimento, uma vez que essa faixa etária está ligada nos avanços da tecnologia, nos mostrando muitas novidades, e nós, com a nossa experiência prática do cotidiano empresarial, colaboramos muito também, mostrando que algumas soluções podem estar mais próximas do que imaginamos”, relata.

Voluntária pela primeira vez no programa, a empresária Genilda Vasconcelos destacou a troca de saberes entre os colaboradores e alunos

Voluntária pela primeira vez no programa, a empresária Genilda Vasconcelos destacou a troca de saberes entre os colaboradores e alunos

A ação proporcionou aos estudantes o contato com ferramentas do Design Thinking, amplamente utilizadas por diversas empresas em seus processos de inovação. Para a aluna Ester Magalhães, de 19 anos, o programa abriu portas para que ela despertasse o interesse por iniciativas empreendedoras. “O Innovation Camp nos fez sair da nossa zona de conforto, nos levando a perceber problemas e buscar soluções aguçando nosso pensamento crítico e nos despertando para novas possibilidades dentro do universo do empreendedorismo”, conta.